O USO DE ANTIINFLAMATÓRIOS ESTEROIDAIS E NÃO ESTERIODAIS NO CONTROLE DA DOR E DO EDEMA EM CIRURGIA DE TERCEIROS MOLARES

Ricardo Natã Fonseca Silva, Lúcia Coelho Garcia Pereira
2016 Revista Bahiana de Odontologia  
Introdução: Terceiros molares são os últimos dentes a irromperem na cavidade oral, e em alguns casos sofrem agenesia, impacção ou permanecem inclusos. Durante a cirurgia de remoção, ocorrem injúrias aos tecidos orais, provocando sintomatologia dolorosa e edema. Para o combate destes, faz-se necessária a utilização de fármacos que controlam a inflamação, como os anti-inflamatórios não-esteroidais (AINES) e corticosteróides. Para se obter um melhor resultado, a combinação de AINES e
more » ... NES e anti-inflamatórios esteroidais pode ser utilizada em pacientes, tanto como medicação preemptiva, como pós-operatória. Objetivo: realizar uma revisão da literatura com o intuito de verificar quais classes de medicamentos apresentam melhores resultados pós-operatórios diante dos quadros de dor e edema em exodontias de terceiros molares. Materiais e métodos: Como técnica para a seleção dos trabalhos optou-se por incluir estudos presentes nas bases de dados Scielo, Lilacs e Pubmed publicados entre os anos de 2000 a 2014. Considerações Finais: O uso de corticostróides se faz de maneira preemptiva com o objetivo de reduzir o quadro de edema, enquanto os AINES tem maior utilização no pós-operatório, na tentativa de amenizar a sensação dolorosa.
doi:10.17267/2238-2720revbahianaodonto.v7i1.769 fatcat:p6py4ryf5nagvh2bd6vj5izivu