O tratamento dispensado ao advérbio no livro didático das séries iniciais do ensino fundamental: um olhar funcionalista

Francisco Hélio Da Silva, Rosângela Maria Bessa Vidal
2020 Revista de Letras  
Resumo: Este trabalho aborda o tratamento dos advérbios em um livro didático de português do 5º ano do ensino fundamental, a partir dos pressupostos da Linguística Funcional. Considerando que o tratamento dado aos aspectos gramaticais, como mecanismos que estão à disposição das situações discursivas, são maleáveis e que a gramática não se constitui de elementos estáveis, desde as séries iniciais, já se torna importante uma visão de funcionalidade das classes de palavras. Este estudo
more » ... estudo fundamenta-se em Furtado da Cunha (2013); (2016); Neves (2018); além de Teixeira (2011), Martins (2011), entre outros. A análise mostrou que os advérbios ainda são tratados a partir de uma visão determinista de suas funções. Não é possível observar uma preocupação maior com a multifuncionalidade dessa classe de palavra tão heterogênea e multifacetada, como apontam trabalhos de Teixeira (2011), Martins (2011), entre outros. Os advérbios são abordados enquanto palavras que indicam circunstâncias de tempo, lugar, entre outros. Do ponto de vista das teorias funcionalistas, as situações de uso moldam os aspectos gramaticais, fazendo com que estes se flexibilizem para atender às necessidades de uso, nas construções gramaticais em diferentes situações comunicativas, adquirindo, no discurso, diferentes funções e não apenas as determinações apontadas pela gramática tradicional.
doi:10.3895/rl.v22n37.11625 fatcat:ozmcgayqerbfjisc4kketmzghi