Qualidade de vida das pessoas com deficiência: revisão sistemática no âmbito de trabalhos brasileiros publicados em bases de dados

Daniela Bitencourt Santos, Marta Gràcia Garcia, Patrícia Carla de Souza Della Barba
2017 Revista Brasileira de Qualidade de Vida  
OBJETIVO: Identificar as abordagens dadas aos estudos sobre qualidade de vida das pessoas com deficiência (PCDs) no âmbito dos trabalhos brasileiros publicados nas bases Scielo, LILACS, MEDLINE e Banco de Teses da CAPES, no período 2000 a 2014.MÉTODOS: Após definir o objetivo do trabalho e selecionar os critérios de inclusão e exclusão começa-se a determinar os descritores, palavras-chaves, para fazer a busca. Os estudos encontrados a partir dos descritores foram pré-selecionados por meio da
more » ... ados por meio da leitura dos títulos e resumos, com base na qualidade de vida da população com deficiência, independentemente de quais fossem os sujeitos da pesquisa. Recorreu-se à leitura dos artigos na íntegra, quando o resumo não trazia informações suficientes, para definir a possível inclusão ou exclusão do mesmo. Após a seleção dos estudos incluídos, procedeu-se à análise de conteúdo a partir de categorias de análises preestabelecidas.RESULTADOS: Dos 37 trabalhos selecionados predomina a abordagem quantitativa em 25 trabalhos. Nos anos 2011, com 14 trabalhos, e 2012, com 12 trabalhos, foram os que encontraram mais publicações e os trabalhos abordam diferentes deficiências, utilizando diferentes sujeitos e diferentes âmbitos. O World Health Organization Quality of Life – Bref (WHOQOL-Bref) foi o instrumento mais utilizado nos estudos 19 trabalhos, para a avaliação da qualidade de vida.CONCLUSÕES: A preocupação dos estudos é centrada no indivíduo, não focando o entorno e, consequentemente, em que tipos de adaptações são necessários realizar para que as famílias de PCDs possam ter melhorada sua qualidade de vida.
doi:10.3895/rbqv.v9n1.4655 fatcat:nid5buub75bzhjkjjuojftkxw4