Validação das emoções na infância: vergonha, ansiedade e sintomatologia depressiva

Sara Lourenço, Lara Palmeira, Alexandra Dinis, José Pinto Gouveia
2010 Psychologica  
As emoções são cruciais na compreensão do funcionamento psicológico. Os estudos realizados acerca da forma como as emoções assumem um papel preponderante na vida dos indivíduos, tendo por base as vivências relacionais com as figuras parentais na infância, dizem respeito maioritariamente às memórias daquele período, recordadas e evocadas por indivíduos na vida adulta. Com o objectivo de estudar in loco a forma como as emoções influenciam a vida dos indivíduos desde muito cedo (ainda durante a
more » ... (ainda durante a infância), realizou-se um conjunto de estudos numa amostra constituída por 188 crianças entre os 8 e os 12 anos de idade. Os resultados obtidos demonstram que mães percepcionadas como desaprovadoras das emoções dos filhos desencadeiam nas suas crianças sentimentos de vergonha, sendo que o desenvolvimento desta emoção parece contribuir significativamente para a presença de índices psicopatológicos, mais concretamente para a presença de sintomas depressivos e ansiosos. PALAVRAS-CHAVE: Infância, Emoções, Validação emocional, Vergonha, Psicopatologia. 1-Emoções: definição e importância As emoções apresentam-se cada vez mais como processos fundamentais no funcionamento humano, ocupando uma posição de destaque na organização do desenvolvimento cerebral e no funcionamento psicológico e social. A forma como a socialização das emoções decorre, particularmente o modo como as crianças compreendem, experimentam, expressam e regulam as suas emoções é cada vez mais emergente na investigação acerca dos fenómenos psicológicos
doi:10.14195/1647-8606_52-2_21 fatcat:rt4uxr6f4ncs5gh4pzsehuuky4