BARREIRAS PARA A ATIVIDADE FÍSICA EM MULHERES IDOSAS DO SUL DO BRASIL

Adriana Schuler Cavalli, Diones Martins De Mello, Luca Schuler Cavalli, Giovana Da Silva Colpo, Sulanita Terezinha Caldeira De Arruda
2020 Pixo  
O estudo possui delineamento descritivo de corte transversal, e objetivou analisar as principais barreiras percebidas para a prática de atividade física em idosas. A amostra foi composta por 55 mulheres participantes de um programa universitário da cidade de Pelotas/RS. Os instrumentos utilizados foram: Ficha sócia demográfica; Questionário Internacional de Atividade Física e Questionário de Barreiras à Prática de Atividade Física para Idosos. Os resultados mostraram que as principais barreiras
more » ... rincipais barreiras foram: clima desfavorável (50,9%); falta de tempo livre suficiente (43,6%); necessidade de descansar e relaxar no tempo livre (29,1%); doença/lesão/incapacidade (25,5%); medo de cair e sofrer lesões (25,5%); timidez (25,5%) e preguiça ou desmotivação (25,5%). O estudo conclui que a criação de programas para conscientização dos benefícios da prática de atividade física e a oferta de locais com infraestrutura adequados e próximos das residências das idosas, podem ser estratégias eficientes para o envelhecimento saudável, eliminando barreiras percebidas por esta população.Palavras-chave: idoso, atividade física, envelhecimento.
doi:10.15210/pixo.v4i13.18321 fatcat:ue4onpqsobekdcobyli5flzddi