Sensemaking approach e comportamento informacional de arquivistas na gestão de documentos universitários

José Carlos Sales dos Santos, Teotonilía Maria Batista da Silva, Roberto Gonçalves Freitas
2020 Brazilian Journal of Information Science  
O artigo objetiva analisar como comportamento informacional de arquivistas interfere no processo de gestão de documentos produzidos em universidades, a partir da abordagem sensemaking. Os aportes metodológicos corresponderam ao método de procedimento monográfico (estudo de caso), inscrito na Coordenação de Arquivos e Documentação da Universidade Federal da Bahia (CAD/Ufba), com descrições das atividades dos arquivistas, assistentes e técnicos em arquivos no ambiente institucional. O instrumento
more » ... onal. O instrumento de pesquisa conferiu à estruturação de questionário eletrônico, que procurou caracterizar as habilidades dos arquivistas no processo de representação e organização de documentos universitários, as estratégias de busca e recuperação de conteúdos em sistemas de informação formais/ informais e a rotina das atividades de gerenciamento, organização e atendimento aos usuários e supervisão de acervos arquivísticos. Os resultados evidenciaram que os servidores concordam com a relevância das estruturas do comportamento informacional direcionado ao desenvolvimento das atividades arquivísticas, mas reconhecem que fatores operacionais e burocráticos limitam as práticas de organização na Coordenação analisada. As considerações finais assinalam que a abordagem sensemaking dos profissionais da arquivologia interfere, positivamente, na gestão de documentos arquivísticos da Ufba, apesar dos recursos escassos destinados ao desenvolvimento das atividades de gestão.
doi:10.36311/1981-1640.2020.v14n2.07.p128 fatcat:cx7t4w547zh7labvhzix3qbhce