Assinatura isotópica de Sr e Nd do magmatismo cálcio-alcalino de alto-K na Faixa Ribeira central: o exemplo do Granito São Pedro em Lumiar, RJ

Julio Cezar Mendes, Silvia Regina de Medeiros, Eduardo Amorim Chaves
2011 Revista Brasileira de Geociências  
Resumo Na porção centro-norte da Faixa Ribeira, no Estado do Rio de Janeiro, ocorrem muitos corpos intrusivos de formas diversas e variação composicional predominantemente granodiorítica a granítica, que defi nem uma província magmática tardi a pós-colisional, com assinatura geoquímica Cálcio-alcalina tipo I cordilheirano. O Granito São Pedro é um desses corpos, ocorrendo como pequenos corpos pós-colisionais na região serrana do Rio de Janeiro, caracterizando-se por sua estrutura isotrópica,
more » ... tura isotrópica, textura equigranular a inequigranular seriada e concentração local de allanita, o que confere sutil variação composicional e de textura à rocha. Trata-se de magmatismo ácido cálcio-alcalino de alto K/álcali-cálcico, fracamente peraluminoso e com pequena variação na sua composição química. Relevantes são os conteúdos elevados de Ba, Zr e Th e baixos teores de MgO e CaO. São altas as concentrações de ETR, que conferem padrão bastante fracionado, com conspícuas anomalias negativas de Eu. Determinações isotópicas de Nd e Sr apontam para o granito caráter crustal revelado por valores de Є Nd muito negativos (até -13,9) e Є Sr muito positivos (até 133,9), além de altas razões iniciais 87 Sr/ 86 Sr variando entre 0,718 e 0,740. Idades T DM indicam fonte paleoproterozoica para esse granito, coincidente com período de extensa geração de crosta continental. Palavras-chave: Granito pós-colisional, Faixa Ribeira central, Isótopos Nd-Sr. Abstract Sr and Nd isotopic signature of the high-K calc-alkaline magmatism of the central Ribeira belt: the São Pedro Granite in Lumiar, RJ. In the central-northern Ribeira belt there are many granitic to granodioritic bodies showing varied shape and size, characterizing a late-to post-collisional Ca-alkaline, cordilleran I-type province. The São Pedro Granite occurs in the mountain region of Rio de Janeiro State as small post-collisional bodies. It presents isotropic fabric, equigranular to seriate inequigranular texture, as well as local concentration of allanite, which gives discrete composition and texture variation to the rock. The granite has a high-K calcalkaline to alkali-calcic character and weakly peraluminous nature. Despite its short geochemical variation, high Ba, Zr and Th contents besides low concentrations of MgO and CaO are noticeable. High REE contents are associated with fractionated REE patterns showing strong negative Eu anomalies. A crustal origin for the granite can be assumed by its very negative and positive Є Nd and Є Sr values, respectively, as well as by 87 Sr/ 86 Sr initial ratios ranging from 0,718 to 0,740. T DM ages point to paleoproterozoic source, which agrees with geological time of intensive crust generation.
doi:10.25249/0375-7536.2011413408419 fatcat:ueeb7gey5vhdfctsv2vh5sm6me