O Fator de Impacto

Max Victor Carioca Freitas, Roberto Ezequiel Heymann
2013 Revista Brasileira de Reumatologia  
Desde sua criação, a Revista Brasileira de Reumatologia (RBR) ultrapassou vários desafi os graças à tenacidade, ao esforço e ao sacrifício de editores, revisores e autores, que contribuíram para que chegasse ao elevado padrão científi co atual e consequente prestígio nacional e internacional. O primeiro grande reconhecimento nacional ocorreu em junho de 2004, com sua inclusão na coleção da Scientifi c Electronic Library Online-Brasil (SciELO-Brasil), o que inseriu a RBR em uma base de dados
more » ... a base de dados eletrônica que conta com uma coleção selecionadíssima de periódicos científi cos brasileiros. Ao ser indexada no MEDLINE, em 2010, a RBR foi incluída na base de dados da U.S. National Library of Medicine, que contém mais de 19 milhões de referências de artigos de periódicos em ciências biomédicas do mundo todo, o que lhe conferiu reconhecimento internacional. Sua indexação em julho de 2012 no Web of Science, base de dados da Thompson Reuters, foi importante para que a RBR passasse a ter o seu Fator de Impacto (FI) medido pelo Journal of Citation Reports (JCR), também da Thompson Reuters. E a RBR acabou de receber seu primeiro FI, de 0,864, o que a ranqueou como o 12º periódico nacional científi co de saúde dentre as publicações brasileiras indexadas. Mas qual é o signifi cado disso? Qual é a importância disso? O FI é uma medida criada por Eugene Garfi eld, o fun-dador do Institute for Scientifi c Information (ISI), com o objetivo de refl etir o número médio de citações de artigos científi cos publicados em determinados periódicos indexados ao ISI. Desde 1972 os FIs têm sido calculados anualmente, e os resultados são publicados no JCR. O FI é uma ferramenta muito usada para classificar os periódicos de uma mesma área de atuação, dando-se mais importância aos periódicos com FI maior em detrimento dos que apresentam um FI baixo. Dessa forma, um artigo publicado em uma revista de FI maior teoricamente terá maior repercussão, prestígio e visibilidade. É por esse motivo que observamos o enorme esforço empregado pelos autores para conseguirem publicar seus resultados em revistas de FI elevado. Este será nosso objetivo a partir de agora: elevar o FI da RBR. Não será fácil, mas já vem contando com grande colaboração e esforço de autores nacionais e internacionais, editores e revisores.
doi:10.1590/s0482-50042013000400001 fatcat:hkdbfxdyjrbqxpukedr5xnfgzi