Como avaliar criticamente estudos de coorte em terapia intensiva?

Erica Aranha Suzumura, João Bosco Oliveira, Anna Maria Buehler, Mariana Carballo, Otavio Berwanger
2008 Revista Brasileira de Terapia Intensiva  
RESUMO JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Estudos de coorte são úteis na identificação de fatores de risco e prognósticos, no acompanhamento da história natural de certas doenças e no estudo do impacto de intervenções diagnósticas e terapêuticas. O objetivo deste estudo foi subsidiar o leitor na avaliação crítica de artigos que lançaram mão deste tipo de delineamento de pesquisa. CONTEÚDO: Na avaliação dos estudos de coorte, é crítico observar a existência de vieses de seleção e informação, a
more » ... rmação, a continuidade do seguimento dos sujeitos de pesquisa, o controle dos fatores de confusão, a importância dos resultados e sua aplicabilidade na prática clínica. CONCLUSÕES: O conhecimento dos fatores que afetam a qualidade dos estudos de coorte permite ao intensivista selecionar as melhores evidências para auxílio na tomada de decisões clínicas. Unitermos: análise de coorte, delineamento de pesquisa, estudos de coorte, revisão de literatura epidemiológica SUMMARY BACKGROUND AND OBJECTIVES: Cohort studies are useful to identify risk and prognostic factors, assess disease natural history and verify the impact of diagnostic or therapeutic interventions. This article aims to guide readers on how to critically assess papers using a cohort research design. CONTENTS: For a critical appraisal of cohort studies, one must observe: the existence of selection and information bias, the continuity of the followup, the control of confounding variables, the significance of the results and its applicability in clinical practice. CONCLUSIONS: Knowledge of factors which affect the quality of cohort studies allows intensive care professionals to select the best available evidence to guide the decision making process.
doi:10.1590/s0103-507x2008000100015 fatcat:u4axvqkrvnbzte4fa6llquaa5i