Semeando e Cultivando Relações. Transformações nas Redes de Suporte Social de Migrantes ao longo do Tempo e do Espaço

Tiago Augusto Da Cunha
2012 Grafo Working Papers  
Resumo Usualmente, os estudos sobre redes sociais e o processo migratório se debruçam essencialmente sobre duas vertentes: a) o direcionamento do fluxo migratório e b) e a relevância das redes no processo de integração do migrante as áreas de destino. Desse modo, o presente estudo propõe uma inversão desta perspectiva predominante, qual seja; compreender os impactos da migração sobre a rede de suporte social dos indivíduos e famílias, tanto em termos quantitativos, como em termos qualitativos.
more » ... rmos qualitativos. Todavia, os câmbios na rede de suporte social não estão associados tão somente a uma única variável, neste caso, à migração. Tão fundamental quanto ela são os próprios eventos do curso de vida, tais como: a) formação de um novo domicílio, b) casamento e/ou estabilidade conjugal e c) nascimento dos filhos. Para tanto, foi realizada uma série de entrevistas qualitativas, a fim de captar e mapear a rede de suporte social do migrante ao longo de cada um desses pontos de inflexão. Ademais, há uma complementação quantitativa das primeiras análises aqui feitas a partir dos dados de uma pesquisa amostral realizada em 2007 na Região Metropolitana de Campinas com o objetivo de retratar as condições de vulnerabilidade social de seus habitantes. O principal pressuposto aqui assumido é que a migração, assim como, determinados eventos/marcadores do curso de vida de um indivíduo foram responsáveis por "abrir novas portas e oportunidades" para aqueles que a realizaram ou os vivenciaram, sendo que suas condições de vulnerabilidade social foram severamente transformadas seja pelo incremento de contatos, quanto pela diversificação dos mesmos.
doi:10.5565/rev/grafowp.4 fatcat:iyijln32yrhc3ep6skyjz2mzpy