O conceito de substância na Metafísica e nas Categorias de Aristóteles

Paulo Alexandre e Castro
2020 Conjectura filosofia e educação  
Resumo: Procurar analisar um conceito como o de substância é, por si mesmo, entrar no coração da metafísica. Quando esse conceito se situa no Corpus aristotelicum, a tarefa ganha outra dimensão, pois implica uma leitura conjunta de suas obras principais, a saber: Categorias e Metafísica. Tal leitura conjunta levanta, desde logo, vários problemas: a autenticidade, a articulação entre seus próprios livros e, sobretudo, a questão fundamental: se é possível fazer uma tal leitura. O propósito do
more » ... O propósito do nosso ensaio é executar tal tarefa, levando-nos a efetuar uma desmontagem necessária e decisiva do conceito. A terminar, perceberemos como partir dessa análise e o significado de substância abriria para um modelo que persistiria durante séculos. Palavras-chave: Aristóteles. Substância. Ousia. Quididade. Essência. Abstract: Analyzea concept like Substance is, by it self, get into the heart of metaphysics.When this conceptliesin the corpus aristotelicum, the taskgains another dimensionbecause it impliesa combined readingofhis major works, namely: Categories and Metaphysics. This combined readingraises immediately many problems: the authenticity of the works, the articulation between oftheir own books, and above all, the fundamental question: if it is possible to makesuch areading. The purpose ofthis study is todo it, leading us toa necessaryand decisivedisassembly of the concept in such problematic contexts. Finally, as we realize from this analysisit can be seen that the meaning ofsubstancewould open for a model that would persist for centuries.
doi:10.18226/21784612.v25.e020005 fatcat:rxo3q4tyxjcbjkmsfsbjv4kby4