João Ternura e Macunaíma: o Modernismo revisitado

Marcos Vinicius Teixeira
2014 O Eixo e a Roda: Revista de Literatura Brasileira  
<span> </span><span>O propósito deste artigo é investigar as possíveis relações entre os livros </span><span>João Ternura, de Aníbal Machado, e Macunaíma, de Mário de Andrade. Vários episódios e temas de João Ternura dialogam, cada um a seu modo, com o romance-rapsódia de Mário, dentre os quais: o primitivismo do reino de Bubuia; os discursos proferidos pelos personagens; e o símbolo da pedra.</span>
doi:10.17851/2358-9787.23.2.45-62 fatcat:sg46xzralbcnhb7z5icpt4z6c4