Um novo modelo de raciocínio prático como uma possível resposta ao fenômeno do multiculturalismo em Charles Taylor

Caroline Ferreira Fernandes (FAJE)
2014 Intuitio  
Resumo: Nosso escopo fundamental nesse trabalho é mostrar que o modelo de razão prática proposto por Charles Taylor é um possível caminho para responder ao problema do multiculturalismo contemporâneo. Problema esse que tem se mostrado urgente nos tempos atuais e sido alvo de uma vasta literatura, sendo muitas delas ambivalentes. Nessa perspectiva, nosso esforço nesse artigo será mostrar que o caminho hermenêutico de racionalidade prática é capaz de promover um desenvolvimento autêntico de
more » ... autêntico de reconhecimento entre pessoas e culturas. O trabalho está dividido em três partes fundamentais: A primeira parte mostrará as inadequações do modelo desprendido de razão prática moderna que temos vivido na modernidade. Na segunda parte, mostraremos como Taylor desenvolve um novo modelo de razão prática sem critérios preestabelecidos em disputas morais. Na terceira e última parte, evidenciaremos a nossa tese de que essa noção de razão prática que culmina em uma política do reconhecimento pode ser um caminho para lidarmos com o problema do multiculturalismo sem cairmos em um relativismo moral. Palavras-chave: Charles Taylor. Razão prática. Reconhecimento. Multiculturalismo. Abstract: Our fundamental purpose in this article is to show that the model of practical reason proposed by Charles Taylor is a possible way to respond to the contemporary problem of multiculturalism. This problem has been seen as urgent in current times and it has been subject of a range of literature, many of which are ambivalent. In this perspective, our effort in this article will be to show that a hermeneutic way of practical rationality is able to promote an authentic development of recognition between people and cultures. The text is divided into three main parts: The first part will show the inadequacies of the disengaged model of modern practical reason that we have lived in the modernity. In the second part, we'll show how Taylor develops a new model of practical reason without pre-established criteria in moral dilemmas. In the third and final section, we will highlight our thesis that this notion of practical reason, which culminates in politics of recognition, can be a way to deal with the problem of multiculturalism without falling into moral relativism.
doi:10.15448/1983-4012.2014.1.17407 fatcat:j3oipqm4wvgyhhx2uztyheyyfm