VOLUNTURISMO: UMA ABORDAGEM CONCEITUAL

Thaís Cristine Mendes, Kerlei Eniele Sonaglio
2013 Turismo - Visão e Ação  
RESumo Esclarecer o que é "volunturismo" partindo de uma abordagem conceitual é premente para que se obtenha melhor compreensão sobre suas práticas e a relação entre "turismo" e "voluntariado". Além disso, é a partir do entendimento teórico/conceitual que se baseiam as estratégias de intervenção e gestão de um segmento turístico, visando à sua sustentabilidade. Assim, na intenção de contribuir com o esclarecimento e o debate teórico/conceitual acerca do volunturismo se apresentam as principais
more » ... ntam as principais diferenças e similaridades encontradas sobre o voluntariado e o volunturismo e expõe-se análise conceitual e interpretativa sobre o segmento. Então, partiu-se do estudo qualitativo pautado na pesquisa exploratória, utilizando-se da pesquisa bibliográfica e eletrônica. Por fim, exibe-se o ensaio conceitual sobre o volunturismo, que foi elaborado no findar do estudo. PalavraS-ChavE: Turismo. Voluntariado. Volunturismo. AbStRAct In order to clarify what "voluntourism" is, starting with a conceptual approach, it is necessary to have a better understanding of its practices as well as its relationship to the foundational elements such as "tourism" and "voluntary". In addition, it is from the theoretical and conceptual understanding that the strategies of intervention and management of a touristic segment are formed, in order to develop tourism in a sustainable way. Therefore, with the aim of contributing to the clarification and the current theoretical and conceptual debate surrounding voluntourism, this text introduces the main differences and similarities between volunteer work and voluntourism, and presents a conceptual analysis and interpretation of the voluntouristic segment. It starts with a qualitative study of the themes in question, based on exploratory research in the literature and online databases. Finally, it presents a conceptual essay on voluntourism, written at the end of the study.
doi:10.14210/rtva.v15n2.p185-206 fatcat:lhobs37oynfrbo7q2v2bs6lywu