A multiparentalidade como consequência da reprodução humana assistida: aspectos gerais e efeitos jurídicos

Fernando Sígolo Pereira, José Geraldo Romanello Bueno
2019 Revista de Direito  
O presente artigo analisa a reprodução humana assistida sobre a ótica dos três dispositivos que a regulam: a Resolução CFM nº 2.168/2017, o Provimento nº 63/2017, do CNJ, e o Código Civil. Com base neles, se extrai as principais implicações jurídicas que interessam ao direito de filiação. Assim, através de um diálogo entre diversos doutrinadores e pensadores do tema, se estuda a questão do direito à origem genética, da socioafetividade e da multiparentalidade, tendo como finalidade demonstrar a
more » ... lidade demonstrar a possibilidade de conexão entre eles e os efeitos jurídicos decorrentes. Em relação a metodologia, tem-se que, quanto: a área de conhecimento, é relativa as Ciências Sociais Aplicadas; aos fins, é exploratória; aos meios, é documental e bibliográfica; a abordagem, é qualitativa; a natureza, é aplicada e, ao método, é dedutiva.
doi:10.32361/20191112063 fatcat:n7knjccdlfbqfo37sbfkz2sz34