Uma avaliação da demanda creditícia para automóveis no Brasil no período de 2000 a 2012

Mário Jorge Mendonça, Tito Belchior S. Moreira, Adolfo Sachsida
2017 Economia e Sociedade  
Resumo Este estudo tem como objetivo estimar uma função demanda por crédito para veículos no Brasil no período 2000:06 a 2012:12. Nossos resultados mostraram que essa função pode ser enquadrada dentro de um arcabouço tradicional no qual a taxa e prazo de financiamento, o preço do veículo assim como o estado da economia se apresentam como as variáveis explicativas do modelo. Mostramos ainda com base no modelo Markov Switching (MS) com variável endógena (Kim, 2004) que tal função de demanda
more » ... ão de demanda esteve sujeita a três regimes distintos ao longo do período amostral. Dois desses estados estão associados com regimes de expansão e retração inerentes as fases de uma economia de mercado no qual o estado da economia é determinado pelos seus fundamentos. Um ciclo de forte expansão acontece entre 2004 e 2007 enquanto um ciclo de retração vigora entre o final de 2007 e início de 2008. O terceiro regime, também de expansão, acontece num único ciclo entre 2008 e 2009 sendo no nosso entendimento gerado de modo artificial em decorrência do emprego de medidas anticíclicas fomentadas pelo governo. Entre elas, pode-se destacar a redução da base de recolhimento do compulsório e da alíquota do IPI. Essas providências promoveram a imediata expansão do crédito e levaram a um processo de formação de bolha no mercado de veículos, que culminou com a necessidade de introdução das chamadas medidas macroprudenciais, a partir de dezembro de 2010, quando já havia em curso uma tendência de contínuo aumento da inadimplência no crédito.
doi:10.1590/1982-3533.2017v26n2art6 fatcat:6dcm3gzfnzceboloagjkosds4m