O Surrealismo Jurídico como Método para o Ensino Jurídico à Luz de Warat

Ana Flávia Costa Eccard, Leonardo De Matos Silva Rabelo
2016 Revista Brasileira de Filosofia do Direito  
O presente trabalho visa uma reflexão interessada do pensamento de Luis Alberto Warat sobre a égide do ensino jurídico, trata-se de uma releitura da obra A Ciência Jurídica e seus dois maridos, onde aborda o imaginário carnavalizado. Essa proposta nasce motivada dos conceitos e desconstruções feitas pelo autor em epígrafe. Trata-se de analisar a dogmática jurídica a partir de uma desconstrução que se dá no entrelaçamento entre Direito e Arte, perpassando pelo amor tendo como método o
more » ... método o surrealismo jurídico. Essa didática libertadora é conduzida por uma concepção diferenciada entre razão e emoção.
doi:10.26668/indexlawjournals/2526-012x/2016.v2i2.1475 fatcat:7diz23anpzb2rjxdj2caeqppra