A narrativa de vida no romance "La Jalousie", de Alain Robbe-Grillet

Amayi Luiza Soares Koyano
2018 Non Plus  
A narrativa de vida, oriunda da Análise do Discurso, foi amplamente debatida nos trabalhos de Ruth Amossy e de Ida Lúcia Machado, evidenciando as contribuições metodológicas da Análise do Discurso para o estudo de obras literárias. Propõe-se neste artigo analisar o romance La Jalousie, de Alain Robbe-Grillet, sob o ponto de vista das imagens de si no discurso literário, para um melhor entendimento da presença do narrador no romance robbegrilletiano. A ausência de um nome, de pronomes e de
more » ... pronomes e de características físicas desse narrador-personagem não inviabiliza a percepção de traços da sua personalidade, da sua postura diante da vida e mesmo da sua escolha por esse tipo de apagamento, visto que, como sugere Machado, a narrativa de vida ajuda aquele-que-se-narra a melhor se definir diante do outro a partir do trabalho que empreende ao elaborar uma imagem de si que opere uma reunião de suas experiências. Em La Jalousie, essas experiências do narrador são apresentadas por meio do olhar que ele imprime no texto. O que as imagens de si mostra, em La Jalousie, é que esse olhar do narrador não é neutro e que ele consegue expressar suspeita, ironia, desacordo e uma presença na ausência.
doi:10.11606/issn.2316-3976.v7i14p73-105 fatcat:p6o3jzzxordlpc2nfupte5ih7u