O Império das Emoções e a Literatura Sentimental no Brasil

Roberta Manuela Barros de Andrade, Erotilde Honório Silva
2011 Revista Contracampo  
Os bens culturais massivos estão, historicamente, centrados na construção de certa cultura dos sentimentos, enaltecida e exacerbada. Esta retórica do excesso encontra um lugar privilegiado na literatura de massa. Neste contexto, este trabalho objetiva realizar uma reflexão sobre as interrelações entre literatura sentimental e extravagância emotiva, a partir da obra de Elinor Glyn, popular autora inglesa, cujos livros foram publicados, no Brasil, entre os anos 1930 e os anos 1960, pela Coleção
more » ... 960, pela Coleção Biblioteca das Moças. Assim, esta pesquisa se propõe a realizar uma análise estrutural e argumentativa das obras de Elinor Glyn, enfocando como as concepções de amor, paixão e erotismo ali concebidas obedecem a certa lógica melodramática, responsável, em parte, por torná-la um grande sucesso editorial no período em destaque.
doi:10.22409/contracampo.v0i22.92 fatcat:wb445lixo5antoiliop2sokyde