A utopia do século XXI: novos conceitos de desenvolvimento e sustentabilidade

Tânia Margarete Mezzomo Keinert
2006 RAE: Revista de Administração de Empresas  
Há um novo conjunto de condições sociais, políticas e tecnológicas que estão modifi cando de maneira signifi cativa o modo como o desenvolvimento é produzido, reproduzido e, sobretudo, entendido no mundo atual. O livro Desenvolvimento sustentável: o desafi o do século XXI aborda com profundidade questões conceituais relacionadas ao desenvolvimento, distinguindo-as daquelas relacionadas ao crescimento econômico, progresso e modernização. Defende a necessidade de uma nova defi nição da noção de
more » ... nição da noção de desenvolvimento, relacionando-a com a idéia de sustentabilidade. A obra conta ainda com interessante prefácio do economista Ignacy Sachs, diretor do Centro de Pesquisas sobre o Brasil Contemporâneo da Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais de Paris e um dos principais pensadores do desenvolvimento na atualidade. O autor, José Eli da Veiga, é professor titular da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP), colaborador da coluna de opinião do jornal Valor Econômico, articulista do jornal O Estado de S. Paulo e estudioso de temas relacionados ao desenvolvimento. Outras obras relacionadas com o tema constam em seus trabalhos anteriores, como Do global ao local (2005), A História não os absolverá... nem a Geografi a (2005), Cidades Imaginárias (2002), e O que é reforma agrária? (1981, e que está em sua 14 a edição). A tese central do livro é a de que o desenvolvimento sustentável, com todas as ambigüidades e insufi ciências inerentes à expressão, anuncia a utopia que tomará o lugar do socialismo. O autor, citando Eric Hobsbawn, afi rma que cada vez mais um provável futuro não capitalista parece estar sendo delineado. A obra discute o conceito de sustentabilidade, recorrendo a vários autores e tendências, e apontando o pensamento de Herman Daly como "o melhor em termos qualitativos". Outro destaque é para Georgescu-Roegen, segundo o qual "a economia certamente será absorvida pela ecologia". O trabalho procura esmiuçar o que a idéia do desenvolvimento sustentável realmente traz de novidade. Para isso, primeiro são abordadas três concepções confl itantes sobre o processo de desenvolvimento, as-
doi:10.1590/s0034-75902006000400011 fatcat:t7bpgyusvncxnouj5wxkk3g4zu