Trabalho, ser social e cuidado em saúde: abordagem a partir de Marx e Lukács

Diego de Oliveira Souza, Henrique Pereira Freitas de Mendonça
2017 Interface: Comunicação, Saúde, Educação  
Este artigo visa desenvolver uma análise teórica sobre o cuidado a partir de uma abordagem ontológica. Fazemos uso de categorias teóricas lukacsianas, inspiradas na teoria de Karl Marx, para delimitar o cuidado enquanto uma particularidade da práxis social, fundada pelo trabalho. Como qualquer práxis, o cuidado se move historicamente, assumindo diversas roupagens. No capitalismo, assume uma forma particular, consoante as determinações do processo de valorização, quando ocorre a sua reificação,
more » ... a sua reificação, possibilitando a "realização" da mais-valia objetivada no "trabalho morto" incorporado pela produção do cuidado, bem como a transformação dos cuidadores em possíveis fontes de extração de mais-valia e do próprio cuidado em valor. Consubstancia-se uma contradição tipicamente capitalista, porquanto o cuidado, em sua essência, corresponde à práxis particular capaz de atender necessidades de saúde, mas que passa a ser, no capitalismo, subsumido às necessidades do mercado.
doi:10.1590/1807-57622016.0482 fatcat:3b4hdkb3irgdvcks7fgbdlueay