ARMAZENAMENTO DE SEMENTES DE Archontophoenix cunninghamii H. Wendl. & Drude (PALMEIRA REAL AUSTRALIANA)

Petterson Baptista da LUZ, Kathia Fernandes Lopes PIVETTA
2010 Scientia Agrária  
A palmeira real australiana (Archontophoenix cunninghamii H. Wendl. & Drude) é uma das palmeiras exóticas de maior utilização no paisagismo e atualmente tem despertado grande interesse no seu cultivo para a produção de palmito, aumentando com isso a procura por mudas. Com o objetivo de estudar a conservação das sementes de A. cunninghamii durante o armazenamento, as sementes foram acondicionadas em sacos de polietileno transparentes em câmara fria (temperatura de 10 °C e umidade relativa de 62
more » ... ade relativa de 62 a 65%) durante 11 meses. O delineamento estatístico experimental foi inteiramente casualizado, com quatro repetições de 25 diásporos. Para o teste de germinação, as sementes foram colocadas em caixas de plástico, contendo vermiculita média como substrato e mantidas em câmaras de germinação tipo B.O.D. sob a temperatura alternada de 25-35 °C e fotoperíodo de 16 h de luz. A contagem da germinação foi realizada diariamente, até sua estabilização, utilizando como critério o aparecimento do botão germinativo. O comportamento germinativo das sementes foi avaliado pela porcentagem e pelo índice de velocidade de germinação, e os dados foram submetidos a análise de regressão polinomial para essas características em função do tempo de armazenamento. Concluiu-se que o acondicionamento das sementes em embalagem de polietileno e armazenadas em câmara fria manteve o grau de umidade das sementes durante os 11 meses, sendo eficiente para a conservação de sua qualidade fisiológica e o tempo de armazenamento afetou a porcentagem e velocidade de germinação.
doi:10.5380/rsa.v11i4.18271 fatcat:e6fqzovrlvg57ns4tjzoul3i5u