As exportações brasileiras de manufaturados de madeira

Rafael De Azevedo Calderon, Humberto Ângelo
2006 Ciência Florestal  
O presente trabalho trata das exportações brasileiras de madeira serrada de não coníferas, laminados e compensados durante o período de 1961 a 2002. Os dados referentes aos três produtos estudados foram agregados pelo método de Fisher para que pudesse ser feita uma avaliação econométrica do mercado dos três produtos. Foram especificados modelos de oferta e demanda das exportações brasileiras e estas estimados pelo método de Mínimos Quadrados Ordinários (MQO). Os resultados foram satisfatórios e
more » ... ram satisfatórios e condizem com a literatura. A oferta de exportações apresentou uma resposta positiva em relação à remuneração do exportador, à produção, à utilização da capacidade instalada e à tendência, e negativo em relação à demanda interna. A demanda pelas exportações brasileiras foi positivamente influenciada pela renda mundial, índice de participação e tendência, e negativamente pelo preço relativo. A baixa elasticidade-preço da demanda encontrada pode ter implicações na conservação dos recursos florestais brasileiros, pois os exportadores poderão aumentar os preços, diminuir as quantidades e ainda terem um aumento das receitas.
doi:10.5902/198050981891 fatcat:p4k7tm5h4jgv7diejbxe4ii4ua