Uso de microarrays na busca de perfis de expressão gênica: aplicação no estudo de fenótipos complexos

Camila Guindalini, Sergio Tufik
<span title="">2007</span> <i title="FapUNIFESP (SciELO)"> <a target="_blank" rel="noopener" href="https://fatcat.wiki/container/cy6q3tapnvh5fpfytdllgx7yd4" style="color: black;">Revista Brasileira de Psiquiatria</a> </i> &nbsp;
Com o advento do seqüenciamento de genoma humano, novas tecnologias foram desenvolvidas e despontaram como promissoras ferramentas metodológicas e científicas para o avanço na compreensão dos mecanismos envolvidos em várias doenças complexas. Dentre elas, a técnica de análise em larga escala (conhecida como microarrays ou chips de DNA) é particularmente eficaz em permitir uma visão global na busca de padrões de expressão gênica em amostras biológicas. Por meio da determinação da expressão de
more &raquo; ... hares de genes simultaneamente, a promissora tecnologia permite que pesquisadores comparem o comportamento molecular de diversos tipos de linhagens celulares e tecidos diferentes, quando expostos a uma determinada condição patológica ou experimental. A aplicação do método pode trazer novas perspectivas de análise de processos fisiológicos e facilitar a identificação de marcadores moleculares para o diagnóstico, prognóstico e para o tratamento farmacológico atual. Nesse artigo, apresentaremos conceitos teóricos e metodológicos que permeiam a tecnologia de microarrays, assim como suas vantagens, perspectivas e direcionamentos futuros. Com o intuito de exemplificar sua aplicabilidade e eficiência no estudo de fenômenos complexos, serão apresentados e também discutidos resultados iniciais sobre padrões de expressão gênica em amostra de cérebros post-mortem de pacientes psiquiátricos e sobre as conseqüências moleculares e funcionais de perturbações no sono, comumente associadas a transtornos psiquiátricos.
<span class="external-identifiers"> <a target="_blank" rel="external noopener noreferrer" href="https://doi.org/10.1590/s1516-44462007000400014">doi:10.1590/s1516-44462007000400014</a> <a target="_blank" rel="external noopener" href="https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18200399">pmid:18200399</a> <a target="_blank" rel="external noopener" href="https://fatcat.wiki/release/v2hydr3jbzf3fn4yufwkxe74ia">fatcat:v2hydr3jbzf3fn4yufwkxe74ia</a> </span>
<a target="_blank" rel="noopener" href="https://web.archive.org/web/20170815124129/http://www.scielo.br/pdf/rbp/v29n4/a14v29n4.pdf" title="fulltext PDF download" data-goatcounter-click="serp-fulltext" data-goatcounter-title="serp-fulltext"> <button class="ui simple right pointing dropdown compact black labeled icon button serp-button"> <i class="icon ia-icon"></i> Web Archive [PDF] <div class="menu fulltext-thumbnail"> <img src="https://blobs.fatcat.wiki/thumbnail/pdf/3d/aa/3daab20ad4d438330762d24eecbce9b20acc9dfd.180px.jpg" alt="fulltext thumbnail" loading="lazy"> </div> </button> </a> <a target="_blank" rel="external noopener noreferrer" href="https://doi.org/10.1590/s1516-44462007000400014"> <button class="ui left aligned compact blue labeled icon button serp-button"> <i class="unlock alternate icon" style="background-color: #fb971f;"></i> scielo.br </button> </a>