O Mercado Convencional da Banana: sujeição da agricultura familiar no Vale do Ribeira-SP

Rafael Eduardo Chiodi, Gustavo Fonseca de Almeida, Luiz Henrique Bambini de Assis
2020 Desenvolvimento em Questão  
Os municípios do Vale do Ribeira apresentam os menores índices de desenvolvimento humano do estado de São Paulo. A principal atividade produtiva do território, a bananicultura, tem efeito significativo no indicador que avalia a geração de renda nesses municípios. Nesse contexto, o artigo visa dar enfasê ao entendimento do chamado "mercado convencional da banana", procurando demostrar como a atuação de agentes intermediários neste mercado impõe limites à geração de renda na agricultura familiar.
more » ... ricultura familiar. Para tanto, foram entrevistados seis gestores de organizações de produtores e trinta e oito produtores de bananas dos municípios de Miracatu e Sete Barras. Identificou-se a presença de agentes intermediários individuais locais e de empresas atacadistas. As empresas atacadistas possuem poder econômico de influenciar e determinar os preços pagos ao produtor, que de um modo geral, é considerado baixo por restringir significativamente a rentabilidade dos agricultores entrevistados. Ainda, os intermediários locais estabeleciam formas de relação com os produtores que criavam outras desvantagens, destacadamente o calote. Conclui-se que a comercialização de bananas no mercado convencional por meio de agentes intermediários inibe possibilidades de desenvolvimento econômico destes agricultores e, por consequência, de todo o território do Vale do Ribeira dependente da comercialização dessas frutas.
doi:10.21527/2237-6453.2020.50.146-165 fatcat:xct5l4siwfflfelrfo6gmkue3m