URBANIZAÇÃO ACELERADA: RISCO PARA O ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA REGIÃO METROPOLITANA DE GOIÂNIA

Débora Ferreira da Cunha, Elcileni De Melo Borges
2015 Geo UERJ  
RESUMO As regiões metropolitanas apresentam problemas de abastecimento de água e tratamento de esgotos, principalmente os relacionados à proteção de mananciais, tratamento e distribuição de águas, pois, são áreas que concentram uma maior diversificação de usos múltiplos dos recursos hídricos. O crescimento da população urbana associado à expansão urbana, à degradação dos mananciais e à contaminação e poluição promovem aumento considerável nas demandas hídricas. Nesse contexto se insere a Região
more » ... se insere a Região Metropolitana de Goiânia (RMG), que ao longo das últimas décadas, vem passando por um acelerado crescimento populacional e processo de urbanização, demonstrados pelos dados demográficos. Este trabalho propõe-se a discutir os impactos da expansão urbana da RMG na degradação dos mananciais hídricos, como causas do risco de escassez de água na região, evidenciadas pelo acentuado crescimento de assentamentos humanos e empreendimentos industriais nas áreas das bacias hidrográficas, comprometendo a quantidade e qualidade da água para o abastecimento. Entre as ameaças, riscos e limites para o sistema produtor de água da RMG, a estratégia para a gestão da água e enfrentamento do problema foi a construção do Sistema Produtor Mauro Borges, que engloba a barragem do Ribeirão João Leite e um complexo de instalações. Palavras-chave: Urbanização. Expansão urbana. Abastecimento de água. Gestão da água. ABSTRACT Metropolitan regions present problems of water supply and sewage treatment, especially those related the protection of watersheds, water treatment and distribution, are areas that concentrate a greater diversification of multiple uses of water resources. Urban population growth associated with the urban sprawl, the degradation of watersheds and the contamination and pollution promote considerable increase in water demands. In this context is part of the Goiania metropolitan region (RMG), which over the past few decades, has been going through an accelerated population growth and urbanization process, demonstrated by demographics data. This work is proposing to debate the impacts of urban sprawl of RMG in the degradation of watersheds, as the risk of water shortage causes in the region, evidenced by the strong growth of human settlements and industrial enterprises in the areas of catchments areas, committing the water quantity and quality of supply. Amongst threats, risks and limits for the water producer system on RMG, the strategy for water management and confrontation of the problem was the construction of Mauro Borges producer system, included the dam the Ribeirão João Leite and a complex of facilities.
doi:10.12957/geouerj.2015.13816 fatcat:2lnrbzpwh5cjjjvyruxnjlkx3y