A PROBLEMATIZAÇÃO DA RELAÇÃO RÚSSIA–OTAN: DOIS PESOS IGUAIS NO SISTEMA?

DANIEL PEIXOTO, ENZO TABET, HIGOR FRANCA, LUISA REIS, RENATO BAHIA
2012 CADERNOS DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS  
Resumo O propósito deste artigo é entender as relações entre a Rússia e a OTAN, no período pós -Guerra Fria, tendo em vista o momento de inclusão dos Estados Bálticos na Organização, em 2004, utilizando-se da pergunta: por que a Rússia não entrou em um conflito direto -ou mesmo interviu de alguma forma mais direta -na região ou no processo de decisão da OTAN, visto que essa inclusão estaria ameaçando o status russo como uma potência mundial e regional, principalmente em sua considerada "área de
more » ... onsiderada "área de influência". Com o auxílio da teoria realista neoclássica, será dado um foco na tomada de decisão da política externa do governo russo, delimitado pelo rastreamento de processo no método qualitativo. O estudo de política externa nas Relações Internacionais pela academia está se desenvolvendo com uma atenção especial a abordagem neoclássica, que trabalha com a estrutura de poder impactando no processo de formação da política externa. No presente artigo, então, será rastreado como a estrutura afetou as visões do presidente Vladimir Putin, que decidiu implementar uma política específica com a OTAN em vista dos interesses russos no sistema internacional Palavras-chave Rússia, OTAN, Bálticos, Wohlforth, Realismo neoclássico Abstract The purpose of this article is to understand the relation between NATO and Russia in the post -Cold War period, in view of the moment of inclusion of the Baltic States in the Organization, in 2004. Our main question would be: why did Russianot entered in a direct conflict -or intervened in any strong way -within the Region or NATO , since that inclusion was threatening the Russian status as a world and regional power, particularly in it's home region. Within the background of the neoclassic realist theory, a focus will be given to the foreign policy decision -making of the Russian government delimitated by a process tracing in a qualitative method. The study of foreign policy in International Relations by the academy has been developing, with a special attention to the neoclassical approach, which works with a structure of power impacting the process of formation of foreign policy. In the present article, therefore, it will be traced how the structure affected the views of the president Vladimir Putin, who decided to implement a specific politic with NATO in view of the Russian interests in the international system. 1 Daniel Peixoto é aluno do curso de graduação em Relações Internacionais do IRI/PUC-Rio. 2 Enzo Tabet é aluno do curso de graduação em Relações Internacionais do IRI/PUC-Rio. 3 Higor França é aluno do curso de graduação em Relações Internacionais do IRI/PUC-Rio. 4 Luiza Reis é aluna do curso de graduação em Relações Internacionais do IRI/PUC-Rio. 5 Renato Bahia é aluno do curso de graduação em Relações Internacionais do IRI/PUC-Rio.
doi:10.17771/pucrio.cadri.20319 fatcat:n32dr22prjaihc2ahfqqcqfhta