Limnological variables and nutritional content of submerged aquatic macrophytes in a tropical lagoon

Bruno dos Santos Esteves, Marina Satika Suzuki
2010 Acta Limnologica Brasiliensia  
Aim: The aim of this study was to evaluate elemental composition (C, N and P) and carbohydrate and lipids content of aquatic macrophytes Egeria densa, Ceratophyllum demersum and Najas marina found in a lagoon of Norte Fluminense and relate these data to limnological parameters measured in the same period; Methods: The samples were obtained from 10 sites throughout the lagoon in July/2001 (dry season) and January/2002 (rainy season) with determinations limnological parameters and quantification
more » ... and quantification of nutrient content and biochemical composition of the aquatic macrophytes; Results: High values of electrical conductivity and alkalinity explain the spatial distribution of the studied macrophytes; and the pH values (<9.0), O 2 super-saturation and CO 2 sub-saturation suggest a high primary production of both phytoplankton and submersed aquatic macrophytes. For nutrients assessed on aquatic macrophytes, significant seasonal variations were observed in total phosphorus content (p < 0.05), total nitrogen and total carbon, however, without a clear pattern between seasons and macrophytes There was a tendency to higher concentrations of P in the tissues of macrophytes in the rainy season, as well as carbohydrates and lipids, suggesting that this period presents better conditions to Ceratophyllum demersum and Egeria densa development in the Campelo Lagoon; Conclusions: There was no clear association between the nutrient content and reserves found in macrophytes with limnological and environmental parameters. Resumo: Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar a composição elementar (C, N e P) e conteúdo de carboidratos e lipídeos das macrófitas aquáticas Egeria densa, Ceratophyllum demersum e Najas marina encontradas em uma lagoa do Norte Fluminense, e relacionar esses dados a parâmetros limnológicos medidos em igual período; Métodos: As amostras foram obtidas em julho/2001 (período seco) e janeiro/2002 (período chuvoso), em 10 pontos ao longo da lagoa do Campelo com determinações de parâmetros limnológicos e quantificação de componentes nutricionais e bioquímicos das macrófitas aquáticas; Resultados: Elevados valores de condutividade elétrica e alcalinidade explicam a distribuição espacial das macrófitas estudadas, e os valores de pH (<9,0), supersaturação de O 2 e subsaturação de CO 2 sugerem uma elevada produção primária, tanto fitoplanctônica quanto de macrófitas submersas. Para os nutrientes avaliados nas macrófitas aquáticas, variações sazonais significativas foram observadas no conteúdo de fósforo total (p < 0,05), de nitrogênio total e carbono total, entretanto, sem qualquer padrão definido entre períodos sazonais e macrófitas. Observou-se tendência às maiores concentrações de P nos tecidos das macrófitas no período chuvoso, assim como carboidratos e lipídeos, sugerindo que este período é mais propício ao desenvolvimento de Ceratophyllum demersum e Egeria densa na lagoa do Campelo; Conclusões: Não se observou uma clara associação entre os conteúdos nutricionais e de reservas encontrados nas macrófitas com as variáveis limnológicas e ambientais medidas. Palavras-chave: macrófitas aquáticas, composição elementar, Ceratophyllum demersum, Egeria densa, Najas marina.
doi:10.1590/s2179-975x2010000200008 fatcat:wrhvbvjmdrgevexcmjmezsldje