Reparos de Restaurações Diretas: Um Recurso na Clínica Diária

A.N. Kojima, A.M.M. Mesquita, M.C.V. Garakis, M.A.M. Araújo, R.M. Jóias
2007 Odonto  
São Bernardo do Campo, SP, Metodista 9 KOJIMA, A. N.;MESQUITA, A. M. M.; GARAKIS, M. C. V.; ARAÚJO, M. A. M.; JÓIAS, R. M. RESUMO O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência à tração entre resinas de uso direto de três diferentes marcas comerciais, simulando reparos, utilizando ou não adesivo nesta interface. Para tanto foram confeccionadas 60 bases cônicas em resina composta (TPH) apresentando as seguintes dimensões: 5mm de comprimento, com uma base maior de 5mm e uma base menor de 3mm
more » ... a base menor de 3mm de diâmetro. Essas bases foram divididas aleatoriamente em 6 grupos. Sob estas bases foram aplicadas, com auxílio de uma matriz bi-partida de teflon, três resinas: TPH (Dentsply), InTen-S (Ivoclar), Filtek Supreme (3M-ESPE), com ou sem a utilização de um adesivo dentinário (Single Bond -3M-ESPE), de maneira a obter amostras na forma de ampulheta. Após armazenamento destas amostras durante 7 dias à 37° C, estas foram submetidas ao ensaio de tração em uma máquina de ensaios universal com velocidade de 1,0 mm/ min e célula de carga de 500Kgf a qual carregou a amostra até que ocorresse sua fratura. Os dados obtidos (MPa) foram submetidos à Análise de Variância (ANOVA), e ao o teste de Tukey (5%). As médias e desvios padrão foram obtidos dos grupos sem e com adesivo, respectivamente: G1 -TPH 10,88±2,37, G2 -17,59±3,42; G3 -Filtek 3,91±3,06, G4 -14,02±4,34; G5 -Inten-S 5,32±1,30, G6 -12,54±2,06. O teste estatístico de Tukey demonstrou que a utilização do adesivo levou a valores de tração estatisticamente maiores independentemente da marca comercial de resina composta, assim como a utilização da mesma resina da base, para o reparo. Palavras-chave: Reparo, resina composta, adesivo, ensaio de tração ABSTRACT This study evaluated the tensile bond strength between direct composite resins of three different brands, simulating repairs with or without utilization of adhesive at this interface. For that purpose, 60 tapered composite resin (TPH) bases were fabricated with the following dimensions: 5mm length, a larger base measuring 5mm in diameter and a smaller base with 3-mm diameter. These bases were randomly divided into 6 groups. Three resins were applied on these bases, with aid of a split Teflon matrix: TPH (Dentsply), InTen-S (Ivoclar), Filtek Supreme (3M-ESPE), with or without utilization of a dentin adhesive (Single Bond -3M-ESPE), for achievement of hourglass-shaped specimens. After storage of specimens for 7 days at 37°C, these were submitted to tensile testing in a universal testing machine EMIC -DL1000, at a crosshead speed of 1.0mm/min and a load cell of 500Kgf, which applied load on the specimen until occurrence of fracture. Data achieved (MPa) were submitted to Analysis of Variance (ANOVA) and to the Tukey test (5%). The means and standard deviations for groups with and without adhesive were as follows: . The Tukey test demonstrated that utilization of the adhesive provided statistically higher tensile values, regardless of the composite resin brand, as well as repair with the same resin employed for the base.
doi:10.15603/2176-1000/odonto.v15n29p9-15 fatcat:7svb2uhcpfgyxhq6vr55ndizmi