Atletas de basquetebol universitário: uma proposta de intervenção psicológica no lance livre

Bruna Feitosa de Oliveira, André Luis Aroni, Kauan Galvão Morão, Renato Henrique Verzani, Guilherme Bagni, Afonso Antonio Machado
2018 Arquivos de Ciências do Esporte  
Objetivo: O objetivo do estudo foi analisar a eficiência de um programa de 8 semanas focado em exercícios respiratórios como técnica de relaxamento antes do treinamento de lance livre, visando aprimorar o desempenho neste fundamento. Métodos: Participaram 9 atletas universitárias de basquetebol feminino, com idades entre 20 e 26 anos e pelo menos 2 anos de prática. Utilizou-se como instrumento o biofeedback para visualizar alterações nos parâmetros fisiológicos periféricos das atletas, e
more » ... s atletas, e relacioná-los com seus estados emocionais, mensurando: frequência cardíaca, frequência e volume respiratório e condutibilidade da pele. Os testes inicial e final consistiam em 3 séries de 5 lances livres. As atletas foram divididas aleatoriamente em 2 grupos, controle e intervenção, e ambos treinaram durante 8 semanas 3 séries de 5 arremessos, mas somente o grupo intervenção recebeu um treino específico de como utilizar a respiração diafragmática na rotina antes do arremesso. Resultados: Não foram encontrados padrões de acertos entre os grupos, porém nem todas as atletas do grupo intervenção utilizaram a rotina no teste final, o que pode estar relacionado com o curto espaço de tempo destinado à aquisição de novas habilidades psicológicas, inviabilizando que a rotina fosse assimilada pelas atletas. Portanto, o objetivo de aprimorar o desempenho das atletas em 8 semanas não obteve sucesso. Conclusão: Sugere-se um tempo maior de intervenção para que a rotina seja automatizada.
doi:10.17648/aces.v6n1.2430 fatcat:mn73zqmgknczdahuwzt5cwb6ku