EDUCAÇÃO INCLUSIVA: REFLETINDO SOBRE A RELAÇÃO ESCOLA-FAMÍLIA

Paloma Roberta Euzebio Rodrigues, Claudia Gomes
2020 Brazilian Journal of Development  
RESUMO O texto aqui apresentado se caracteriza como um recorte de uma pesquisa de Mestrado em Educação cuja temática é "educação inclusiva". O objetivo inicial desta investigação foi compreender os desafios e limites da relação escola-família na perspectiva da educação inclusiva. Foram convidadas para esta investigação 10 professoras de uma instituição de educação infantil pública regular localiza numa cidade do sul de Minas Gerais. Para a investigação foi empregada a abordagem qualitativa do
more » ... em qualitativa do tipo interventiva. Como recursos para a construção das informações foram utilizados dois instrumentos de coleta de dados: o questionário de caracterização e a dinâmica de grupo de discussão. Os dois instrumentos excitaram questionamentos diretivos quanto aos desafios e limites da relação escola-família. As informações foram analisadas qualitativamente a partir de dois indicadores de análise contemplados pelo núcleo de significação denominado "Da Representação à Constituição da Educação Infantil". Ao concluir a investigação, pôde-se evidenciar que os desafios e as limitações da relação escola-família parecem ter como base o desconhecimento das funções do profissional da educação infantil por parte da família, bem como da concepção limitante de família advindas das professoras e de suas dificuldades em estabelecer relação com os pais/responsáveis das crianças. Esses percalços evidenciam o necessário debate sobre a formação docente, inicial e continuada, que abarque a relação com a diversidade de famílias que frequentam as instituições de ensino regular, dando condições de os profissionais da educação infantil elaborarem estratégias eficazes que envolvam a família na escolarização das crianças rumo à efetivação de uma educação cada vez mais democrática. Palavras-chave: Educação Inclusiva. Educação Infantil. Família. Formação Docente. ABSTRACT The text presented here is characterized as an excerpt from a Master's in Education research whose theme is "inclusive education". The initial objective of this investigation was to understand the challenges and limits of the school-family relationship from the perspective of inclusive education. Brazilian Journal of Development Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 8, p. 57548-57564 aug. 2020. ISSN 2525 Ten teachers from a regular public early childhood education institution located in a city in the south of Minas Gerais were invited for this investigation. For the investigation the qualitative approach of the interventional type was used. As resources for the construction of information, two data collection instruments were used: the characterization questionnaire and the discussion group dynamics. Both instruments aroused directive questions regarding the challenges and limits of the school-family relationship. The information was analyzed qualitatively from two analysis indicators contemplated by the meaning core called "From Representation to the Constitution of Early Childhood". At the end of the investigation, it was possible to show that the challenges and limitations of the school-family relationship seem to be based on the family's lack of knowledge of the professional of early childhood education, as well as the limiting conception of family arising from teachers and their difficulties in establishing a relationship with the children's parents / guardians. These setbacks highlight the necessary debate on teacher education, both initial and continuing, which encompasses the relationship with the diversity of families attending regular education institutions, providing conditions for early childhood education professionals to develop effective strategies that involve the family in schooling for children. children towards the realization of an increasingly democratic education.
doi:10.34117/bjdv6n8-241 fatcat:2gtiklak65cs5jaer2cabktp6m