VULNERABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NA BACIA DO RIO JAPARATUBA EM SERGIPE A PARTIR DA ÁLGEBRA DE MAPAS - DOI: 10.13083/1414-3984.v22n01a06

Christiane Freitas Pinheiro De Jesus, Nelson Wellausen Dias, Marcus Aurelio Soares Cruz
2014 Revista Engenharia na Agricultura - REVENG  
A bacia do rio Japaratuba teve grande parte de sua área desmatada dando lugar às pastagens, plantação de cana-de-açúcar e exploração mineral (petróleo e potássio). Com o intuito de realizar uma avaliação que contemplasse não somente os aspectos biofísicos, mas também fatores socioeconômicos, este estudo teve como objetivo realizar uma análise preliminar voltada para a avaliação da vulnerabilidade socioambiental dessa bacia. Para tanto, foram utilizadas técnicas de análise espacial que
more » ... acial que envolveram a álgebra de mapas sobre planos de informação que incluíam: a distribuição espacial da população e das pessoas sem renda por setor censitário, o uso da terra e o modelo de perda de solo por erosão. Os resultados obtidos demonstraram que os maiores valores de vulnerabilidade estiveram concentrados a partir do médio curso da bacia até alguns trechos nas proximidades da foz. Nessas áreas ocorre maior ocupação populacional e um maior número de pessoas sem rendimentos mensais fixos, além de maiores valores de perda de solo por erosão.
doi:10.13083/reveng.v22i1.437 fatcat:u3uio52aafe2xlme73huakw22y