Autoeficácia na formação profissional superior: uma revisão da literatura

Luciana Amaral Garcia, Maely Ferreira Holanda Ramos, Fabricio Silva Bassalo
2020 Research, Society and Development  
Este artigo objetivou analisar estudos de formação profissional em nível superior nos seus diferentes níveis e áreas, pautados em investigações de autoeficácia sob a ótica da Teoria Social Cognitiva (TSC), a qual aduz que cada indivíduo em suas ações pode ser tanto causa quanto resultado dos seus extratos sociais. Neste, a teoria admite que as pessoas podem exercer influência sobre seus atos e ações, postulando que grande parte do comportamento humano é determinada por interações com ambiente e
more » ... ções com ambiente e outros indivíduos. Portanto, as pessoas são vetores dos acontecimentos que lhe envolvem, mas não determinam os eventos que ocorrem (Bandura, 1986). Esta pesquisa possui abordagem quanti-qualitativa, utilizando da técnica da revisão da literatura. As fontes foram artigos científicos, pesquisados em diretórios de buscas como: CAPES, SCIELO, LILACS, e após a aplicação dos critérios de inclusão, puderam ser selecionados 13 artigos. Pode-se perceber que os artigos sobre a temática Autoeficácia na Formação profissional foram publicados do ano de 2008 a 2019, tendo maior frequência de publicações nos últimos 4 anos. A maioria dos artigos utiliza abordagem quantitativa, ocorrendo a aplicação de escalas e questionários. As temáticas mais relacionadas à Autoeficácia foram: Desenvolvimento Profissional (f=4), Teoria Social Cognitiva (f=3), Orientação Profissional (f=3), e Avaliação Psicológica (f=3). Também surgiram com menor frequência outros temas, como: bem-estar, internet e empregabilidade. No entanto, é importante que esta temática seja aprofundada, investigando-se, por exemplo, as ações e implicações da autoeficácia em diferentes níveis da vida profissional.
doi:10.33448/rsd-v9i8.6206 fatcat:hr6jh6ls2jbmtdmeijwtlkswre