Atuação do Psicólogo Escolar Crítico Frente às Queixas Escolares: As Assembleias Escolares

Patricia Carla Silva do Vale Zucoloto, Laís Nunes Souto, Dionis Soares De Souza, Kalena Ellen Dos Santos Ferraz, Gilberto Santos Lima, Maria Virgínia Machado Dazzani
2019 Revista de Psicologia da IMED  
O presente artigo relata uma experiência de atuação em psicologia escolar. Desde 1980, a psicologia escolar critica a psicologia tradicional, através de pesquisas que contestam a explicação patologizante do fracasso escolar, gerando modificações na atuação de muitos psicólogos. Práticas psicológicas como a psicoterapia clínica em ambiente escolar são substituídas por práticas discursivas promotoras de diálogo. Com o objetivo de estabelecer a democracia escolar e o protagonismo das crianças na
more » ... o das crianças na transformação das relações interpessoais, as assembleias escolares se revelam como potencial instrumento socioeducativo. Realizamos uma intervenção numa escola pública de ensino fundamental, em Salvador - BA, com uma turma do 5º ano, a partir de queixas de indisciplina. Foram realizados cinco encontros semanais com a turma: um de preparação, dois de assembleia, um de fechamento e outro de festa de encerramento. Reuniões com membros da equipe escolar precederam o primeiro encontro e sucederam o último. Pudemos perceber o quanto é importante para os alunos serem escutados e reconhecidos como sujeitos, acolhidos em suas opiniões nem sempre "politicamente corretas". Este trabalho está em processo. Nas próximas etapas, os psicólogos problematizarão com a equipe escolar o que se entende por indisciplina, quando esta acontece e quais são as práticas que a produzem.
doi:10.18256/2175-5027.2019.v11i1.3039 fatcat:377b3p3cp5hbrdw4bxbzfcxety