Aspectos sociodemográficos e reprodutivos do abortamento induzido de mulheres internadas em uma maternidade do Município da Serra, ES

Priscilla Rocha Araujo Nader, Cristina Ribeiro Macedo, Angélica Espinosa Miranda, Ethel Leonor Nóia Maciel
2008 Escola Anna Nery  
Objetivo: Comparar aspectos sociodemográficos e reprodutivos entre mulheres que induziram a interrupção da gestação e mulheres que levaram a gestação a termo, admitidas em uma maternidade pública. Métodos: Estudo caso-controle onde foram incluídas 21 mulheres que realizaram abortamento induzido e 83 que tiveram gestação a termo, no período de agosto de 2005 a janeiro de 2006. Resultados: Não houve diferença significativa na comparação entre as freqüências dos grupos em relação à idade, cor da
more » ... o à idade, cor da pele, anos de estudo, religião, renda mensal, idade da menarca, idade da coitarca, idade da primeira gestação, número de gestações, intervalo entre a última e a penúltima gestação e o número de filhos vivos. O estado conjugal casada/em união estável [OR=0,241 (IC95% 0,061 0,951)] e desejo pela gravidez [OR=0,168 (IC95% 0,042 0,669)] mostraram-se associados à ocorrência de abortamento induzido como fatores de proteção. Conclusão: Para atenuar o problema do abortamento inseguro, deve-se investir na promoção da saúde reprodutiva incentivando o acesso à educação sexual e ao planejamento familiar.
doi:10.1590/s1414-81452008000400014 fatcat:zdrgaqstgvgelirhotz2th3wqa