Estado de mal epiléptico

Eliana Garzon
2008 Journal of Epilepsy and Clinical Neurophysiology  
INTRODUÇÃO: O estado de mal epiléptico (EME) é subdiagnosticado, especialmente as formas clínicas com sinais motores sutis ou apenas com alteração da consciência. É uma emergência neurológica que necessita diagnóstico imediato e a tratamento agressivo e para prevenir lesão neuronal. OBJETIVOS: Revisar, discutir e propor protocolo para o tratamento desta condição. METODOLOGIA: A literatura foi selecionada a partir de pesquisa nas bases de dados MEDLINE e PUBMED. RESULTADOS: Propomos um protocolo
more » ... opomos um protocolo utilizando diazepam, fenitoína, fenobarbital, midazolam, thiopental e pentobarbital ainda nos casos refratários topiramato ou levetiracetam. CONCLUSÕES: Um protocolo estruturado para a investigação da etiologia e tratamento do EME é necessário e possibilita melhores chances de evolução dos casos.
doi:10.1590/s1676-26492008000600002 fatcat:wgpqebcl4vez7kmaabr7fzypbm