Diálogo entre autores: Berkeley e Bergson

Maria Adriana Camargo Cappello
2008 Discurso  
Neste artigo, proponho interpretar a redução berkelianista das coisas às ideias levando em conta uma aproximação entre a crítica à dupla existência dos objetos, subjacente a essa redução, e a crítica às teorias clássicas da representação, desenvolvida por Bergson no âmbito de sua teoria da percepção.
doi:10.11606/issn.2318-8863.discurso.2008.62545 fatcat:wrmzgd5ndzedto3hzfhsjtx2ge