Acesso à Gramática Universal (GU) por aprendizes de segunda língua (L2) (Access to Universal Grammar (UG) by second language learners (L2))

Gildete Rocha Xavier
2007 Estudos da língua(gem)  
O acesso à Gramática Universal (GU) por aprendizes de segunda língua (L2) tem sido um tema de grande relevância nos estudos Gerativistas nos últimos trinta anos (White, 1989; Eubank 1991; Epstein et al. 1996). Uma visão contrária é encontrada em Clahsen e Muysken (1996) que defendem a Hipótese do Acesso Nulo. Na presente pesquisa, defendemos o acesso à GU por adultos estrangeiros aprendizes do português brasileiro como L2, mas, ao contrário do que postulam Epstein et al (1996) com a Hipótese do
more » ... ) com a Hipótese do Acesso Total, mostramos que o aprendiz de L2 pode ter acesso à GU também através da sua L1.PALAVRAS-CHAVE: Teoria gerativa. Gramática universal. Aquisição da linguagem. Segunda língua. Sujeito nulo. ABSTRACTAccess to Universal Grammar (UG) by second language learners (L2) has been a topic of great relevance in the field of generative studies in the last thirty years (White, 1989; Eubank, 1991; Epstein et al, 1996). A different view can be found in Clashen & Muysken (1996) who defend the Null Access Hypothesis. In this study, we defend UG access by adults learning Brazilian Portuguese as a second language. But we don't agree with Epstein et al, (1996) with the Full Access Hypotheses, on the contrary, we will show that second language learners can also have access to UG through their L1.KEYWORDS: Generative theory. Universal grammar. Language acquisition. Second language. Null subject.
doi:10.22481/el.v5i2.1035 fatcat:hawbj6dd7rb6npfrqvxlm3k6yi