Determinação da Relação Energia Metabolizável e Proteína Bruta sobre o Desempenho de Codornas Japonesas na Fase de Produção

L.E. Cavalcante, F.G.P. Costa, R.C. Lima, L.S. Dantas, G.B.V. Lobato, V.P. Rodrigues, C.S. Santos, J.G. Vidal Júnior
2010 Revista Científica de Produção Animal  
Resumo: Objetivou-se avaliar os efeitos de diferentes níveis de energia metabolizável, mantendo constante o nível de proteína bruta, sobre o desempenho de codorna de postura. Foram utilizadas 300 codornas japonesas com 16 semanas de idade, distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado, com cinco densidades energéticas (2.500, 2.650, 2.800, 2.950 e 3.100 Kcal/Kg de energia metabolizável) e seis repetições de 10 aves por unidade experimental. Os parâmetros avaliados foram consumo de
more » ... foram consumo de ração (g/ave/dia), peso de ovo (g), massa de ovo (g/ave/dia), conversão alimentar (kg de ração/kg de massa e kg de ração/dúzia de ovo), ingestão de proteína (g/ave/dia) e energia (kcal/ave/dia), eficiência energética (kcal de EM/dúzia de ovo e kcal de EM/ kg de ovo) e peso final da ave (g). O aumento da energia metabolizável da dieta teve efeito significativo sobre os valores de consumo de ração, ingestão de proteína, peso de ovo, massa de ovo reduzindo linearmente seus valores. Não foi verificado efeito significativo dos níveis de energia metabolizável para a variável produção de ovos, ingestão de energia eficiência energética (kcal/kg e kcal/dz) e peso final da ave. Rações para codornas japonesas em postura devem conter 3.100 kcal de EM/kg para obtenção de melhor conversão alimentar por massa e por dúzia de ovos. Palavras-chave: aves, níveis de energia, rações, retenção de nutrientes Abstract: The aim of this experiment was to evaluate the effects of different levels of metabolizable energy, keeping constant the level of crude protein on performance of quail eggs. It was used 300 japanese quails from 16 weeks of age, distributed in a complete randomized design with five energetic densities (2.500, 2.650, 2.800, 2.950 and 3.100 kcal/kg metabolizable energy), six replicates and 10 birds per experimental unit. The parameters evaluated were feed intake (g/bird/day), body weight (g), egg weight (g), egg mass (g/bird/ day), feed conversion (kg/kg and kg/dozen), protein intake (g/bird/day) and energy (kcal/bird/day), energy efficiency (kcal/dozen and kcal/kg ) and final weight of the bird (g), The increase in energy level caused a linear increase in feed intake, protein intake, egg weight, egg mass, reducing their values linearly. The treatments did not showed significantly effect on the egg production variables, energy intake, energy efficiency (kcal/kg and kcal/dz) and final weight of the bird. Rations for Japanese quail should contain.
doi:10.15528/2176-4158/rcpa.v12n2p166-168 fatcat:hugmdcr5szep5ez4jkueiokm24