Introdução aos estudos históricos (I)

Jose Van Den Besselaar
1954 Revista de História  
CAPITULO QUINTO OS GRANDES SISTEMAS PROGRESSISTAS § 95. O século dezenove. E' bastante difícil, ou até impossível, definir as "tipologias" históricas: já o vimos repetidas vêzes. Ao tentar uma característica geral do século XIX (1), o historiador sente, porém, um embaraço muito especial. Para falarmos com Lytton Strachey: we know too much of it. For ignorance is the first requisite of the hist°. rian. . (2). Digamos de maneira menos paradoxal: oprime-nos uma superabundância de fatos e de
more » ... e fatos e de ideologias, difíceis de selecionar e de ordenar, e impossíveis de dominar. Justamente por nos acharmos a uma distância relativamente pequena dessa época, nossa posição é pouco favorável a adquirirmos uma visão do conjunto: as numerosas árvores que nos reclamam a atenção, impedem-nos a vista da floresta. I. A Antinomia entre dois Séculos. O século atual é, em muitos pontos, comparável a um' filho que perdeu a confiança nos ensinamentos e nos ideais de seus pais. Com efeito, filhos desiludidos que somos de uma geração esperançosa e otimista, estamos muito naturalmente inclinados a queixarnos de uma educação falha, e sentimos certa satisfação em poder desmascarar a superficialidade, a retórica e a covardia dos que nos . -Sob o ponto de vista da história da civil zação ocidental, o século XIX vai de 1815 (batalha de Waterloo) até 1914 (Primeira Guerra Mundial) . . -Lytton Strachey, Eminent Victorians (do ano 1918) no Preface.
doi:10.11606/issn.2316-9141.v9i20p407-493 fatcat:bdnh7homujhdddswqz7w2b75va