Alimentação do Trabalhador: uma avaliação em indústrias no nordeste do Brasil

Ruth Cavalcanti Guilherme, Raquel Canuto, Sabrina Gomes Ferreira Clark, Fábio Nogueira de Vasconcelos, Vivianne Montarroyos Padilha, Fernanda Cristina de Lima Pinto Tavares, Renata Freire de Melo Pessoa, Pedro Israel Cabral de Lira
2020 Ciência & Saúde Coletiva  
Resumo Objetivo deste artigo é avaliar o Programa de Alimentação do Trabalhador sob a ótica de gestores, nutricionistas e a alimentação oferecida em indústrias da Região Metropolitana do Recife. Trata-se de um estudo transversal. Foi aplicado questionário estruturado com 40 gestores e 40 nutricionistas acerca dos seus conhecimentos sobre o programa e o cumprimento das atribuições exigidas por ele. Também foi avaliada a qualidade nutricional dos cardápios. Entre os gestores e os nutricionistas,
more » ... os nutricionistas, 22,5% e 72,5% não sabiam do cadastro no programa e das suas exigências nutricionais, respectivamente. Grande parte dos nutricionistas e gestores relacionou o programa a uma exigência da legislação trabalhista. Nenhum respondente conhecia a obrigatoriedade de ações de educação alimentar e nutricional, mesmo assim, 55% dos serviços realizavam ações educativas e 25% realiza avaliação nutricional dos trabalhadores. Observou-se que apesar da oferta de bebidas naturais, frutas e folhosos diariamente, também há oferta diária de diversos produtos ultraprocessados, principalmente doces e bebidas artificiais. O estudo evidenciou o pouco conhecimento dos gestores e dos nutricionistas sobre os objetivos do programa bem como a sua insipiente execução.
doi:10.1590/1413-812320202510.29512018 pmid:32997032 fatcat:f2zbr5dwgjh5raq6vdatbnxaia