A construção da personagem Tita a partir de sua relação com a cozinha em "Como agua para chocolate" (1989), de Laura Esquivel

Jaqueline de Oliveira Brandão, Lurdes Micaelly Neris Ferreira
2020 Revista Entrecaminos  
O presente artigo tem como finalidade analisar a construção da personagem feminina Tita do romance Como agua para chocolate (1989), de Laura Esquivel, através do ambiente no qual está inserida desde seu nascimento: a cozinha. A protagonista é a filha mais nova de três irmãs, sua Mamãe Elena é uma mulher extremamente rígida, que após a perda de seu marido, assume o controle do rancho e da educação das filhas. Na condição de caçula, Tita é obrigada a seguir uma tradição familiar que lhe proíbe de
more » ... r que lhe proíbe de se casar para cuidar da mãe. Diante dessa circunstância marcada pela submissão, Tita inicia uma trajetória de luta, impulsionada pela von- tade de romper não somente com a tradição castradora, mas também com os valores do patriarcado que marginalizam e silenciam a voz feminina. Desse modo, a cozinha – espaço de confinamento e submissão da mulher – propicia um papel de extrema importância na transformação da protagonista.
doi:10.11606/issn.2447-9748.v4i1p12-23 fatcat:6g3bq5mbjbdsdfu74pnjpay3ba