Discurso, história e memória a partir do post "vende-se um filhote de bandido"

Raquel Costa Guimarães Nascimento, Antônio Fernandes Júnior
2019 Revista Heterotópica  
Este artigo tem como tema a discussão a respeito de uma publicação feita no Facebook, em 2016, conhecida como "vende-se um filhote de bandido". Abordamos o corpus com base na Análise de Discurso pecheutiana, observando os conceitos:ideologia, interdiscurso, memória e efeitos de sentido. O objetivo foi traçar uma análise sobre o discurso produzido, as circunstâncias que possibilitaram seu aparecimento, bem como suas possibilidades de efeitos de sentido. Os enunciados da referida postagem foram
more » ... da postagem foram destacados e relacionados a outros, coletados na mídia e em outras plataformas de publicação, de modo a perceber como os discursos anteriores foram recuperados de outras formações discursivas e realocados no post, sem, contudo, perder o caráter pejorativo e agressivo, ainda que em tom humorístico. Concluímos que o discurso em questão associa o sujeito negro ao criminoso, é fundamentado na aparência e no medo, originado de uma ideologia que o percebe como alguém perigoso.
doi:10.14393/htp-v1n2-2019-52108 fatcat:wvpeptusi5ffxerkkn6metrcei