DRAMATURGIA E PERFORMANCE POPULAR: Vargas, de Dias Gomes, e os desfiles das escolas de samba

Larissa de Oliveira Neves
2019 Moringa - Artes do Espetáculo  
O presente artigo apresenta uma análise da peça Vargas (1983), de Dias Gomes e Ferreira Gullar, a partir do folguedo no qual os autores se basearam para construir a dramaturgia: os desfiles de escolas de samba. Para tanto, apresenta rapidamente a importância do teatro musicado na história do teatro brasileiro, em seguida comenta a estrutura espetacular dos desfiles, para então analisar a peça dentro dessa correspondência.
doi:10.22478/ufpb.2177-8841.2019v10n1.47951 fatcat:45z5hmf52nhm5hzs5b77jn5o54