Análise polínica de algumas amostras de própolis do Brasil meridional

Ortrud Monika Barth, Vânia Maria Limeira Dutra, Ronaldo Lauria Justo
1999 Ciência Rural  
Foi analisado o espectro polínico de treze amostras de própolis, oito provenientes do estado do Rio de Janeiro, duas de Minas Gerais, uma do Rio Grande do Sul e uma de São Paulo. A metodologia empregada para a extração de pólen de própolis, bem como a concentração em pólen visando a estudos morfológicos para a identificação de grupos taxonômicos, é proposta como padrão para análise polínica de própolis. Foram identificados, através da morfologia polínica, famílias e gêneros botânicos que
more » ... otânicos que caracterizam as regiões geográficas de coleta da própolis, e também o habitat de mata, capoeira, campo e culturas. Os táxons vegetais encontrados com maior freqüência foram: Eucalyptus, Compositae (principalmente o tipo polínico Eupatorium) e Cecropia. Este último gênero, juntamente com Ambrosia, Piper e Brosimum, constituíram o pólen anemófilo mais representativo nas amostras analisadas. Tendo uma estação de florada bem demarcada, o pólen de Mimosa caesalpiniaefolia e Citrus pode ser referencial para o período sazonal de coleta de própolis.
doi:10.1590/s0103-84781999000400016 fatcat:wnp6o2g57zd55kpusuokj3mq5q