Óbitos infantis evitáveis em Belo Horizonte: análise de concordância da causa básica, 2010-2011

Simone Passos de Castro e Santos, Sônia Lansky, Lenice Harumi Ishitani, Elisabeth Barboza França
2015 Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil  
Resumo Objetivos: analisar o perfil dos óbitos infantis evitáveis investigados e a concordância entre a causa básica da declaração de óbito (DO) original e da DO após investigação. Métodos: estudo de base populacional com análise dos óbitos infantis e dos óbitos evitáveis investigados pelo Comitê de Prevenção de Óbitos de Belo Horizonte (CMPOFI), em 2010 e 2011. A DO após investigação baseou-se na análise dos dados ambulatorial, hospitalar e domiciliar realizada pelo CMPOFI. As causas de morte
more » ... As causas de morte foram codificadas segundo a Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde - 10º Revisão e a causa básica selecionada. A concordância entre a causa básica da DO original e da DO após investigação, analisada de acordo com lista reduzida de tabulação de causas de mortalidade infantil (LIR-MI), foi determinada pelo índice Kappa. Resultados: o Kappa foi fraco (K=0,389; IC95%: 0,192-05,76) quando avaliado pelos grupos da LIRMI. Houve mudanças relevantes na causa de óbito após investigação, com aumento da proporção de óbitos por asfixia, fatores maternos, infecções da criança, infecções perinatais, causas externas e morte súbita na infância. Conclusões: a investigação de óbitos possibilitou maior esclarecimento sobre as circunstâncias dos óbitos infantis evitáveis e a qualificação da causa básica, passos fundamentais para orientar as ações para sua prevenção.
doi:10.1590/s1519-38292015000400003 fatcat:7itm344k7rg6rltqzdw7w2pfaa