O amor no feminino: ocultamento e/ou revelação?

Denise Ramalho Dantas de Araújo
2003 Estudos de Psicologia (Natal)  
O objetivo deste artigo é discutir implicações do relacionamento amoroso ser ou não visível e compartilhado pelos parceiros amorosos, de uma forma livre e espontânea, com todos os grupos sociais a que pertencem, ou pelos quais circulam. As histórias de vida amorosa de três mulheres paulistanas, coletadas em entrevistas, constituem o corpus da pesquisa. O trabalho teve uma abordagem qualitativa, enquadrando-se no enfoque compreensivo. A revelação da existência do relacionamento amoroso - a sua
more » ... o amoroso - a sua publicização angaria - ganhos psicológicos para a parceira amorosa que vão além dos efeitos de liberação da tensão do ocultamento é a tese defendida neste ensaio. A existência de um refluxo sobre o próprio relacionamento amoroso, parte integrante do processo de amadurecimento pessoal, é a conclusão principal do trabalho. Os discursos ainda desvelaram outras posições entre as entrevistadas: o que é mais significativamente apreendido como amor agrega, fundamentalmente, eros e philia; amor é comunicação; o humor e a brincadeira são essenciais no relacionamento amoroso significativo e isto requer uma atuação segundo o verdadeiro-self.
doi:10.1590/s1413-294x2003000300014 fatcat:esslxquc5zc7pd5fbgs6jk3rvi