Efeito do número de ordenhas diárias sobre o desempenho reprodutivo de vacas mestiças Holandês-Zebu

Felipe Zandonadi Brandão, José Reinaldo Mendes Ruas, José Monteiro da Silva, Alán Maia Borges, Arismar de Castro Menezes, Reginaldo Amaral, Geraldo Francisco Chagas, Bruno Campos de Carvalho, Jéferson Ferreira da Fonseca
2007 Revista Brasileira de Ciência Veterinária  
Resumo Avaliou-se a influência do número de ordenhas diárias sobre o desempenho reprodutivo de 63 vacas mestiças (Holandês-Zebu) com boa condição corporal ao parto, distribuídas em três grupos (G) experimentais: GI -vacas ordenhadas uma vez ao dia; GII -vacas ordenhadas duas vezes ao dia; GIII -vacas ordenhadas alternadamente a cada 14 dias, uma ou duas vezes ao dia. O retorno ao estro (84,3 dias; 81,7 dias e 71,2 dias); a taxa de manifestação de estro (80,9%; 80,90% e 80,90%); o período de
more » ... ); o período de serviço (99,0 dias; 114,0 dias e 93,1 dias) e a taxa de gestação até 120 dias pós-parto (66,7%; 57,1%; 66,7%) não foram influenciados (P>0,05) pelo aumento do número de ordenhas diárias. Palavras-chave: Bos taurus X Bos indicus, número de ordenhas, características reprodutivas. Abstract This study was carried out to evaluate the influence of the number of daily milking on reproductive performance of 63 crossbred (Holstein-Zebu) cows, with good body condition score at calving, allocatted into three groups (G) according the number of daily milking: GI -cows milked once a day; GII -cows milked twice a day; GIII -cows milked alternating once or twice a day, every fourteen days. The return to estrous (84.3 days; 81.7 days and 71.2 days); estrous rates (80.9%; 80.90% e 80.90%); service period (99.0 days; 114.0 days and 93.1 days) and pregnant rates until 120 day postpartum (66.7%; 57.1%; 66.7%) were not influenced (P>0.05) by the number of daily milking.
doi:10.4322/rbcv.2014.225 fatcat:ysywqheilngbnoczl3qjm73qee