Climatological Characterization and Observed Trends in Climatic Extremes in the State of Rio de Janeiro
Caracterização Climatológica e Tendências Observadas em Extremos Climáticos no Estado do Rio de Janeiro

W. L. SILVA, C. P. DERECZYNSKI
2014 Anuário do Instituto de Geociências  
Resumo Neste trabalho elabora-se uma climatologia da temperatura do ar e da precipitação e uma análise das tendências nos extremos climáticos de tais variáveis para o estado do Rio de Janeiro, a partir de dados observacionais entre 1961 e 2012. Os resultados da climatologia mostram temperaturas mínimas médias oscilando entre 9,5 e 11°C (15,5 e 17°C) no inverno (verão) na região Serrana. Valores mais elevados ocorrem principalmente no litoral, onde as médias de temperatura mínima variam entre 17
more » ... ima variam entre 17 e 18,5°C (21,5 e 23°C) no inverno (verão). As menores temperaturas máximas médias oscilam entre 21,5 e 23°C (26 e 27,5°C) no inverno (verão) na região Serrana e os valores mais elevados encontram-se na região Metropolitana e no Norte/Noroeste Fluminense, oscilando entre 26 e 27,5°C (32 e 33,5°C) no inverno (verão). A precipitação anual apresenta máximos em áreas elevadas (cerca de 2500 a 2800 mm ao ano) e mínimos sobre as regiões de baixada e de costa (entre 700 e 1300 mm ao ano). Para as tendências observadas nos extremos climáticos de temperatura, a região Metropolitana e a região Norte e Noroeste do estado apontam para aumentos estatisticamente significativos da temperatura máxima média (entre +0,01 e +0,08°C/ano). Notam-se também tendências estatisticamente significativas de elevação na porcentagem de noites e de dias quentes em quase todo o estado (entre +0,1 e +0,6 %dias/ano). Quanto à chuva, observa-se que há uma tendência estatisticamente significativa de aumento dos totais pluviométricos anuais nas Baixadas Litorâneas (entre +4,0 e +32,0 mm/ano). Também verifica-se uma elevação significativa dos totais pluviométricos das chuvas mais fortes do ano nas Baixadas Litorâneas e em parte da região Metropolitana, com magnitudes entre +2,0 e +20,0 mm/ano. Palavras-chave: Climatologia; Mudanças Climáticas; Rio de Janeiro Abstract In this paper it is elaborated a climatology of air temperature and precipitation and an analysis of trends in climate extremes of such variables for the State of Rio de Janeiro, using observational data between 1961 and 2012. The climatology shows average minimum temperatures ranging between 9.5 and 11°C (15.5 to 17°C) in winter (summer) in the mountainous region. Higher values occur mainly on the coast, where the average minimum temperature ranges between 17 and 18.5°C (21.5 to 23°C) in winter (summer). The lowest average maximum temperatures range between 21.5 and 23°C (26 and 27.5°C) in winter (summer) in the mountainous region. The highest values are in the Metropolitan Region and in the North/Northwest area, ranging between 26 and 27.5°C (32 and 33.5°C) in winter (summer). The annual rainfall shows maxima in higher areas (about 2500 -2800 mm per year) and minima in the regions of marshland and coastline (between 700 and 1300 mm per year). For the observed trends in climate extremes of temperature, the Metropolitan Region and the North and Northwest Region of the State indicate statistically significant increases in mean maximum temperature (between +0.01 and +0.08°C/year). It is also noted significant rise trends in the percentage of warm nights and days in almost the entire State (between +0.1 and +0.6 %days/year). As for rain, it is observed that there is a statistically significant upward trend in the annual rainfall totals in the Baixadas Litorâneas (between +4.0 and +32.0 mm/year). Also, it is verified a significant increase in rainfall totals of more heavy rains in the year in the Baixadas Litorâneas and in part of the Metropolitan Region, with magnitudes between +2.0 and +20 mm/year.
doi:10.11137/2014_2_123_138 fatcat:ixo2d6lrmjffzhqghoi6tpucim