ETNOCONHECIMENTO DE PEQUENOS AGRICULTORES TRADICIONAIS SOBRE PLANTAS MEDICINAIS NO TRATAMENTO DE DORES PROVOCADAS PELO TRABALHO

Simone Cardoso Ribeiro, Nyrreyne D. P. de Melo, Arthur Bezerra Barros
2016 Cadernos de Terapia Ocupacional  
Resumo: Objetivo: O objetivo desta pesquisa foi verificar o conhecimento etnobotânico dos agricultores da região Cariri do Estado do Ceará, Brasil, no tratamento das dores na coluna e nos músculos provocadas pelo trabalho, considerando-se a cultura e a biodiversidade. Método: Os dados etnobotânicos foram obtidos por meio de entrevistas semiestruturadas, técnica de lista livre e bola de neve, sendo analisados pelos métodos do Discurso do Sujeito Coletivo e do Valor de Uso da Espécie. Resultados:
more » ... spécie. Resultados: Foram encontradas 18 espécies, sendo que o Barbatimão (Stryphnodendron rotundifolium Mart) e a Sucupira (Bowdichia virgilioides Kunth) foram as espécies mais citadas, apresentando valor de uso de 0,5 e 0,6, respectivamente. Constatou-se vasta riqueza de informações correlacionas à cultura das comunidades tradicionais estudadas. Conclusão: Conclui-se que compreender as atividades desenvolvidas na agricultura permite a fisioterapia e a terapia ocupacional trabalharem a promoção da saúde dos agricultores, melhorando assim a sua qualidade de vida. Abstract: Objective: The research aimed to evaluate the ethnobotanical knowledge of farmers from Cariri, Ceara, Brazil, in the treatment of occupational back and muscles pain, considering the local culture and biodiversity. Method: The ethnobotanical data were obtained through semi-structured interviews, free list technic and snowball, and analyzed by Collective Subject Discourse and species use value methods. Results: We found 18 species; Barbatimão (Stryphnodendron rotundifolium Mart) and Sucupira (Bowdichia virgilioides Kunth) were the most cited species with use-value of 0.5 and 0.6, respectively. We found a vast wealth of information related to culture of traditional communities studied. Conclusion: Comprehension about the activities developed in agriculture allows occupational therapy to intervene and work to promote the health of farmers thereby improving their quality of life.
doi:10.4322/0104-4931.ctoao1249 fatcat:syqqzmebwzgdhhun3ousvf5bz4